fbpx

UE publica lista com pragas de quarentena prioritária

O Comissão Europeia publicou uma lista com 20 pragas consideradas como de quarentena prioritária, de acordo com informações divulgadas pela revista Vida Rural de Portugal. De acordo com a União Europeia, esta lista inclui as pragas cujo impacto económico, ambiental e social no território comunitário é de maior gravidade.

Segundo o bloco europeu, o objetivo com isso é impulsionar o lançamento de campanhas de informação e conscientização junto do público em todos os Estados-membro. Sendo assim, será possível a realização de prospecções anuais e a preparação de planos de contingência, exercícios de simulação e planos ação, disse o periódico português.

“De acordo com esta avaliação, a bactéria Xylella fastidiosa, a praga com maior impacto nas culturas agrícolas, incluindo os frutos, poderá causar perdas anuais de produção de 5,5 mil milhões de euros, afetando 7 % do valor de produção da UE das oliveiras mais velhas (com mais de 30 anos) e 35% das mais jovens, num cenário de propagação da bactéria por toda a União Europeia”, indica o texto.

Segundo o comissário Vytenis Andriukaitis, responsável pela Saúde e Segurança dos Alimentos, a fitossanidade tem lugar importante na produção de alimentos. É por esta razão que me congratulo particularmente com esta definição de prioridades, que ajudará a UE e os Estados-Membros a aumentar o grau de preparação e a tomar medidas rápidas contra pragas de vegetais muito perigosas, bem como a contribuir para o acordo ecológico europeu, protegendo a nossa biodiversidade, os ecossistemas naturais e a agricultura do bloco”, conclui.

Fonte: Agrolink