fbpx

Pesquisa permite avaliar melhores datas para plantio de milho e soja em sucessão

Qual a melhor data de semeadura da soja e do milho safrinha, quando plantados em sucessão? Foi buscando uma resposta a este questionamento que o engenheiro agrônomo Rogério Nóia Júnior realizou sua pesquisa, que também avaliou a influência dos fenômenos climáticos, como o El Niño e La Niña, sobre a sucessão soja/milho safrinha em diferentes datas de semeaduras.

Segundo Rogério Nóia, a pesquisa também permitiu determinar a magnitude da quebra de produtividade devido ao déficit hídrico e ao manejo subótimo do cultivo. Para atingir os objetivos, as produtividades das culturas da soja e do milho foram simuladas para 29 locais em 12 Estados, com as datas de semeadura da soja variando de 21 de setembro a 1º de janeiro, para um período de 34 anos (1980-2013).

Os resultados indicam que a máxima produtividade para a cultura da soja, para a maior parte do território brasileiro, é obtida quando se realiza a semeadura em outubro. O engenheiro disse também que a data ótima de semeadura para a sucessão soja-milho safrinha pode variar de acordo com o fenômeno La Niña e El Niño. “A antecipação da semeadura da soja, para o final de setembro, permite que o cultivo do milho safrinha seja realizado em época com condições climáticas favoráveis. Contudo, os nossos resultados indicam que, em anos de La Niña, a antecipação da semeadura da soja na região Sul do Brasil pode causar perdas de produtividade”, apontou.

Fonte: USP