Paraná inaugura maior laboratório de análise de sementes

O Paraná passa a contar com o maior Laboratório de Análise de Sementes (LAS) do Estado. Localizada em Ponta Grossa, a unidade conta com uma área de 600 m² e será oficialmente inaugurada em um evento digital no dia 24 de março.

A estrutura foi construída pela Frísia Cooperativa Agroindustrial e a Sementes Batavo e será credenciada para fazer análises de soja, trigo, milho, feijão, aveia, cevada, azevém, triticale e sorgo para os clientes da empresa e demais clientes da região e do Brasil. Com seis analistas de sementes e cinco auxiliares de laboratório, o local terá capacidade para analisar 10 mil amostras por ano, com previsão de expansão para 20 mil.

Ele ainda dará suporte à área de produção de sementes com testes realizados para o controle de qualidade. Segundo Luiz Henrique Deschamps, engenheiro agrônomo e coordenador de produção e laboratório da Sementes Batavo, a unidade possui a rastreabilidade completa em todo o processo de produção das sementes, como plantio, colheita, recepção, beneficiamento e ensaque.

“O processo de análise é rigoroso e importante para garantir a qualidade da semente que chega ao agricultor. Principalmente nos tempos atuais, onde as sementes têm um alto valor agregado na inserção de novas biotecnologias”, diz Deschamps.

O local conta com uma área de recepção e protocolo das amostras, sala de homogeneização, sala de preparo das amostras, sala de germinadores, sala de germinação, duas câmaras de germinação em areia, área de análise das sementes e sala de arquivo com capacidade para armazenar 20 mil amostras, sendo a maior do Paraná.

Quem quiser conhecer a unidades pode participar da Noite de Campo, que também vai permitir ver o que há de novo sobre as melhores cultivares, dos principais detentores de genética de soja do país. O evento será online no dia 24 de março, às 18h30. A inscrição é feita pelo site.

Fonte: AGROLINK -Eliza Maliszewski