fbpx

Oferta da banana prata começa a se controlar?

Diante da antecipação da colheita há algumas semanas e do retorno de chuvas e temperaturas mais amenas, a oferta de banana prata começou a se reduzir no Norte de Minas Gerais nos últimos dias (26 a 30/10). De acordo com dados do Inmet, a estação de Janaúba (MG) registrou 171 mm de precipitações no período (até quinta-feira). Vale ressaltar que a antecipação das atividades ocorreu por conta da onda de calor – a qual afetou a qualidade da fruta, que passou do ponto ideal de colheita, ficando mais amolecida e com menor calibre. Assim, apenas uma menor quantidade de cachos restou para a colheita das próximas semanas – e o clima mais ameno interrompeu o acelerado processo de maturação.

Desta forma, os preços da banana prata anã de primeira qualidade começaram a reagir na praça mineira, fechando a R$ 1,31/kg, alta de 22% frente ao período anterior. Segundo agentes consultados, o volume de frutas já foi consideravelmente menor em comparação com as semanas anteriores, mas produtores ainda estavam escoando, nos últimos dias, o restante dos cachos que foram afetados pelo calor. Para as próximas semanas, a tendência é que o volume da variedade continue em queda, podendo proporcionar a recuperação das cotações em novembro.

Fonte: hfbrasil.org.br