fbpx

O fim do imposto de importação pode conter os preços do arroz

Diante da forte escalada dos preços, o governo federal zerou a alíquota de importação (TEC) para uma cota de 400 mil toneladas até o dia 31 de dezembro, o que deve, em um primeiro momento, frear a escalada das cotações internas, mas não deve provocar recuo expressivo dos preços, considerando que o arroz importado deverá chegar ao país a um valor entre R$ 95 e R$ 100 por saco de 50 Kg . A análise é feita pela Cogo – Inteligência em Agronegócio.

A tendência é de estabilização dos preços do arroz em casca, FOB produtor, após as fortes altas registradas ao longo do mês de agosto, levando a cotação média para o patamar recorde nominal e real de R$ 105,86 por saco de 50 Kg, para o produto com média de 58% de grãos inteiros, FOB produtor do Rio Grande do Sul, acumulando uma alta de 36,0% em 30 dias e de expressivos R$ 114,3% nos últimos 12 meses.

O arroz em casca de variedades premium, com média de 64% de grãos inteiros, está cotado em média a R$ 121,25 por saco de 50 Kg, FOB produtor do Rio Grande do Sul.

Fonte: CANAL RURAL