fbpx

Grupo de investidores anuncia construção de usina de etanol de milho avaliada em quase meio bilhão

A indústria não terá investimento estatal nem intermediação política

Um grupo de investidores anunciou o investimento de quase R$ 500 milhões na região de Cerejeiras na segunda metade deste ano de 2020.



O investimento será na construção de uma usina de etanol no município de Cerejeiras.

Com um investimento estimado em R$ 425 milhões, a indústria será projetada para processar 1.500 toneladas de milho por dia, sendo 525 toneladas do cereal ao ano.

A indústria fabricará etanol, farelo e óleo, tudo tendo o milho como matéria-prima.

Segundo estimativas dos investidores da indústria, existem cerca de 120 mil hectares de milho na região de Cerejeiras. No início, a indústria vai processar apenas um quarto desta área, ou seja, cerca de 40 mil hectares de milho ao ano.

O diretor do grupo de investidores, Eduardo Garcia, disse, que a indústria vai trazer benefício para a região de Cerejeiras, o maior polo de produção de milho em Rondônia. “Vamos gerar cerca de 1.500 empregos diretos durante a obra e cerca de 200 quando a empresa estiver funcionando, além de fomentar a criação de mil empregos indiretos”, disse o diretor.

A obra começará a ser construída em abril deste ano. O terreno para a obra já foi adquirido em Cerejeiras. A usina terá investimento à vista, sem financiamentos bancários.

Fonte: Folha do Sul