fbpx

Funcionários de frigoríficos na América do Norte adoecem e afetam mercado

Em uma unidade de processamento de frango da Wayne Farms no Estado norte-americano do Alabama, recentemente os trabalhadores tiveram de pagar à empresa 10 centavos de dólar por dia para comprar máscaras de proteção contra o novo coronavírus, de acordo com um inspetor da indústria.

No Colorado, quase um terço dos funcionários de uma planta de carne bovina da JBS USA, frigorífico norte-americano do grupo brasileiro JBS, ficou em casa em meio a preocupações de segurança nas últimas duas semanas, depois de um funcionário com 30 anos de experiência morrer por complicações da Covid-19.

Empresas que aumentaram proteções, com maior higiene ou distanciamento entre os trabalhadores, afirmam que as medidas estão desacelerando ainda mais a produção de carnes.



A Smithfield Foods, maior processadora de carne de porco do mundo, disse no domingo que está fechando por tempo indeterminado uma unidades de suínos que representa cerca de 4% a 5% da produção norte-americana.

A empresa alertou que o fechamento de fábricas está empurrando os EUA “perigosamente para perto do limite” em relação à oferta de carnes a mercados.

Os estoques de carnes congeladas nos frigoríficos norte-americanos seguem abundantes, mas a oferta pode ser reduzida em meio ao aumento das exportações para a China, depois de um acordo comercial remover obstáculos às compras de carne dos EUA pelo país asiático.

A JBS confirmou que um funcionário com três décadas de experiência morreu por complicações associadas ao Covid-19, sem citar Sanchez pelo nome. Ele não teve sintomas durante o trabalho e não esteve na unidade quando doente, segundo a empresa.

A JBS disse que trabalha com governos federal e estadual para obter testes para todos os funcionários da instalação.

O condado de Weld, onde a fábrica está localizada, tinha na sexta-feira o quarto maior número de casos de Covid-19 entre os condados do Colorado, de acordo com o Estado. As autoridades de saúde confirmaram casos entre funcionários da JBS.