fbpx

Frango, ovo, milho e inflação no primeiro semestre de 2020

Comparativamente à inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), da Fundação Getúlio Vargas – evolução de 7,84% nos últimos 12 meses – apenas o frango vivo encerrou a primeira metade de 2020 com resultado negativo, seu preço recuando de R$3,26/kg entre janeiro e junho de 2019 para R$3,18/kg no mesmo período do corrente exercício.

Sob esse aspecto, ovo e milho – ambos com um índice de evolução de preço muito similar – tiveram bom desempenho, pois valorizaram-se em torno de um terço em relação ao primeiro semestre de 2019. Notar, porém (gráfico abaixo) que os dois produtos perderam fôlego nos últimos meses.

Em relação, especificamente, ao IGP-DI acumulado desde a implantação do real no País, em 1994 – variação de 685% em junho passado – o milho registra incremento de 555% (diferença, a menos, de 130 pontos percentuais , o frango vivo de 490% (195 pontos percentuais a menos) e o ovo de apenas 320% – ou 365 pontos percentuais a menos, o que significa que seus preços tiveram evolução inferior à metade do IGP-DI acumulado.

Fonte: AviSite