fbpx

Como aquecimento global prejudicará agricultura?

De acordo com a National Fish, Wildlife, and Plants Climate Adaptation Strategy , dos Estados Unidos, o aumento das temperaturas, do nível do mar e outras mudanças relacionadas ao clima estão afetando inúmeras espécies de plantas, animais e peixes e podem influenciar a agricultura. A capacidade das florestas e outros ecossistemas de fornecer serviços cultural e economicamente importantes provavelmente diminuirá como resultado da mudança climática, diz.

Em termos de biodiversidade, as espécies adaptáveis com uma ampla gama geográfica provavelmente continuarão a prosperar, mas as espécies que dependem de habitats específicos. são vulneráveis, assim como as comunidades que dependem delas cultural e economicamente. De acordo com a Quarta Avaliação Climática Nacional dos EUA, “as espécies, incluindo muitas espécies icônicas, podem desaparecer das regiões onde estiveram ou se extinguir, alterando tanto algumas regiões que sua mistura de vida vegetal e animal será quase irreconhecível”.

“A produção de alimentos e forragem diminuirá nas regiões agrícolas que aumentaram a frequência e a duração das secas. Mesmo sem a seca, as temperaturas mais altas aumentarão a evaporação da umidade do solo, aumentando o estresse da safra e a demanda de água – colocando maior pressão sobre os suprimentos de água superficial e subterrânea usados para irrigação”, diz o texto.

“E mesmo com irrigação, muitas safras de commodities tendem a sofrer declínios no rendimento médio à medida que as temperaturas sobem além de sua faixa de tolerância ao calor preferida. Invernos mais amenos e mudanças nas chuvas podem aumentar a incidência de pragas e doenças para as plantações e gado, enquanto o calor extremo, principalmente o calor noturno, vai reduzir a produtividade do gado. Os impactos variam de região para região, dependendo da extensão do aquecimento e do nível de adaptação”, conclui.

Fonte: AGROLINK -Leonardo Gottems