fbpx

As notícias para a quarta-feira

Boi: reposição aquecida e falta de oferta impedem pressão dos frigoríficos por preços mais baixos

As indústrias seguem pressionando por preços mais baixos, de acordo com a Agrifatto, enquanto os produtores resistem e pedem valores maiores em virtude das altas no mercado de reposição que sente a falta de oferta de bovinos. A média São Paulo do preço do Bezerro divulgada pelo Cepea encostou nos R$ 2070 ontem, dia 14. Dessa forma, o preço da arroba se mantém estável e com viés de alta nas principais praças do Brasil. A Agrifatto Consultoria registrou aumento de 0,47% na média brasileira da arroba do boi. A Scot Consultoria registrou estabilidade em São Paulo e alta de até R$ 3 em Dourados (MS).

A Scot Consultoria também alertou que o DDG (grãos secos de destilaria) e WDG (versão úmida), coprodutos de etanol e de milho utilizados na dieta de bovinos e suínos, dobraram de preço com a falta de oferta.



Milho: mercado físico interrompe sequência de altas apesar de problemas na colheita em MS

A Agrifatto Consultoria analisa que com a oferta aumentando no mercado interno e dólar estabilizado, o milho encontrou limites para as altas recentes  que estavam ocorrendo mesmo em período de colheita da safrinha. A consultoria registrou preços abaixo de R$ 49,50 no mercado paulista. Por outro lado, as chuvas em Mato Grosso do Sul estão atrasando a colheita e dão sustentação aos preços no Estado, mas preocupa os produtores quanto o cumprimento de contratos já fechados.

O mercado também sente as quedas na Bolsa de Chicago, sendo que em uma semana o contrato de dezembro, o mais negociado, já recuou cerca de 5%. Ontem, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) divulgou vendas de 1,762 milhão de toneladas para a China, com entrega para 2020/21. Apesar disso, a expectativa de clima positivo seguiu pressionando as cotações.

Soja: demanda chinesa sustenta preços em Chicago e nos portos brasileiros

O USDA reportou novas vendas de soja para a China, desta vez, o volume registrado foi de 129 mil toneladas e dá sinais de que a demanda chinesa pela oleaginosa americana pode se manter firme apesar do atrito entre os dois países. O mercado também repercutiu a piora das lavouras nos EUA.

Com isso, e somado à volatilidade do câmbio no Brasil, os preços nos portos brasileiros ficaram sustentados, de forma que a Safras & Mercado registrou alta de até R$ 2,50 em algumas praças, como em Passo Fundo (RS), que subiu de R$ 113 para R$ 115,50.

 No Exterior: desenvolvimento positivo de vacina contra o novo coronavírus anima os mercados

De acordo com a Bloomberg, a empresa de biotecnologia Moderna informou ontem, dia 14, que a vacina em desenvolvimento contra a Covid-19 induziu resposta positiva de anticorpos em todos os 45 participantes do teste. Com isso, os investidores se apegam ao fato de que vacinas cheguem ao mercado antes que o estimado no início da pandemia.

Esse fator, por enquanto compensa o aumento da tensão entre China e EUA em relação ao território de Hong Kong. Ontem, o presidente americano Donald Trump afirmou que vai eliminar a preferência dada ao território em virtude da nova Lei de Seguridade Nacional imposta pela China. O Ministério de Relações Exteriores do país asiático respondeu de maneira dura de que o governo americano estava interferindo em assuntos domésticos chineses.

No Brasil: expectativa pelo início da tramitação da Reforma Tributária ajuda Bolsa a ultrapassar os 100 mil pontos novamente

Após leve recuo pela manhã, a bolsa brasileira subiu de maneira consistente na parte da tarde e o ânimo foi renovado com o anúncio do Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de que o debate em torno da Reforma Tributária é “urgente”.

Maia prometeu retomar os trabalhos da comissão especial e a possibilidade de tramitação da reforma mais cedo que o antecipado animou os investidores. Porém, de acordo com o Valor Econômico, a decisão de Rodrigo Maia pegou o presidente do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP) de surpresa, pois não teria sido acertada entre eles. A incerteza na tramitação pode impactar a confiança do mercado em relação à conclusão da votação neste ano.

Fonte: Canal Rural