fbpx

Arroba do boi gordo subiu até R$ 10 em um dia, diz Safras

Segundo analista, não há sinais de alteração de tendência no curto prazo, avaliando a latente necessidade de compra, com foco nas exportações

A arroba do boi gordo teve uma terça-feira de fortes altas no mercado físico, segundo a consultoria Safras. Na praça de Goiânia (GO), por exemplo, o preço subiu R$ 10. “Os frigoríficos reajustam constantemente as indicações, dado o quadro de escassez de oferta, ainda dominante em um momento de forte demanda”, comenta o analista Allan Maia.



Segundo ele, não há sinais de alteração de tendência no curto prazo, avaliando a latente necessidade de compra, com foco nas exportações. “Nesse caso a disputa por animais que cumpram os padrões de exportação para Europa e China segue acirrada”, assinala.

Em São Paulo, os preços passaram de R$ 200 para R$ 205 por arroba. Em Minas Gerais, subiram de R$ 194 para R$ 195. Em Mato Grosso do Sul, as cotações subiram de R$ 185 para R$ 189 por arroba. Já em Goiânia (GO), o preço subiu de R$ 185 para R$ 195 a arroba. Por fim, em Mato Grosso, subiu de R$ 165 para R$ 177 a arroba do boi gordo.

Atacado

No atacado, os preços da carne bovina voltaram a subir, mas em menor proporção na comparação com a matéria-prima. “No entanto, a expectativa é que esse movimento ganhe corpo, dado o enxugamento dos estoques dos frigoríficos em um período pautado pelo auge do consumo. Importante destacar que o forte desempenho das exportações também contribui para este movimento, aumentando a propensão a reajustes no mercado doméstico”, diz.

O corte traseiro teve preço de R$ 17 por quilo, contra R$ 16,75 o quilo na segunda-feira. A ponta de agulha passou de R$ 10,90 por quilo para R$ 11 por quilo, enquanto o corte dianteiro subiu de R$ 11,15 por quilo para R$ 11,20 por quilo.


SEGURO AGRÍCOLA
Com a necessidade do produtor rural ter um seguro de lavoura sem burocracia, de fácil contratação e que protegesse seus altos investimentos contra intempéries climáticas, a SEGURAGRO inovou os serviços de atendimento e assessoria na contratação de seguro agrícola de lavouras para culturas de soja, milho, trigo, feijão, café, cana-de-açúcar e outras culturas.

SAIBA MAIS SOBRE SEGUROS AGRÍCOLAS

Fonte: Safras