fbpx

Agro impulsiona economia no campo e na cidade

Locomotiva do Paraná, a agropecuária puxa a economia em mais de 60% dos municípios do Estado

Um levantamento realizado pela Secretaria da Fazenda do Estado do Paraná, a partir do Valor Adicionado Fiscal (VAF), usado para verificar a geração de riqueza em cada município nos três setores da economia, apontou para a maior parte dos municípios Paranaenses que a agropecuária é o setor que tem maior peso.

O estudo elaborado recentemente pelo Departamento Técnico Econômico (DTE) da FAEP, que dimensiona a real importância que o campo tem para cada um dos 399 municípios do Paraná, aponta para um resultado bastante expressivo: o setor primário (produção agropecuária) representa mais da metade das riquezas geradas em 234 municípios. Em 125 deles, a importância é ainda mais significativa: mais de 70% do que produzem provêm do meio rural.

Nas pequenas e médias cidades, a produção rural chega representar 88,6% das riquezas geradas. Quando o campo vai bem, a cidade vai ainda melhor. Se agricultura e a pecuária vão mal, os outros setores padecem. 

Engana-se quem pensa que a força se concentra nas mãos de grandes produtores, cooperativas e/ou agroindústrias. Os pequenos e médios agricultores, perfil da maioria do setor no Paraná, têm uma participação significativa na movimentação da economia e na geração de riquezas e de renda. 

FONTE: Assessoria de Imprensa, com informações da FAEP


SEGURO AGRÍCOLA
Com a necessidade do produtor rural ter um seguro de lavoura sem burocracia, de fácil contratação e que protegesse seus altos investimentos contra intempéries climáticas, a SEGURAGRO inovou os serviços de atendimento e assessoria na contratação de seguro agrícola de lavouras para culturas de soja, milho, trigo, feijão, café, cana-de-açúcar e outras culturas.

SAIBA MAIS SOBRE SEGUROS AGRÍCOLAS