Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Agronegócio
Agricultores apostam em minhocários na produção de adubo
31/07/2017
A prática, além de sustentável, é econômica e traz benefícios para o alimento e o bolso do agricultor familiar.

Utilizar os recursos naturais para cuidar da plantação é uma alternativa para quem quer produzir de forma sustentável. O uso de minhocas para produzir adubo, por exemplo, é uma das estratégias utilizadas em Capão do Leão, município do Rio Grande do Sul (RS). A prática, além de sustentável, é econômica e traz benefícios para o alimento e o bolso do agricultor familiar.

Ricardo da Rosa produz este tipo de fertilizante desde 2010. O adubo é aplicado, principalmente, na plantação de morangos, um investimento da família há 17 anos. “Eu não conhecia essa prática. Ganhei as primeiras minhocas da Embrapa para fazer a experiência com os meus morangos e, agora, as minhocas são as minhas principais matérias-primas”, conta.

O produtor se surpreendeu positivamente com a nova técnica e já utiliza o mesmo processo na plantação de hortaliças. Segundo Ricardo, o trabalho é simples e um dos facilitadores é poder utilizar produtos da propriedade, sem custo algum. “A rotina é basicamente trazer o esterco seco da vaca e abastecer. Elas produzem o adubo”, relata.

Raquel Martins, da Coordenação-Geral de Agroecologia e Produção Sustentável da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), ressalta que a utilização de minhocas é uma ótima alternativa. “Eles usam os resíduos da produção e convertem em um adubo que é, inclusive, orgânico. Além de economizarem, ao fazer o próprio adubo, eles aproveitam ao máximo tudo o que plantam”.

Em Capão do Leão, a novidade tem feito a diferença na renda da família Rosa. “Não preciso comprar adubo químico, poupo dinheiro e ainda valorizo o meu produto, por conta da forma sustentável que está sendo feita”, afirma o agricultor. Ricardo destaca ainda que a plantação de morango é uma vitória, conquistada a partir do cuidado diferenciado com o solo. Os novos comportamentos têm diversificado a produção da região, antigamente voltada para a cultura do arroz.

Prático e barato
De acordo com o engenheiro agrônomo e pesquisador da Embrapa, Gustavo Schiedeck, para fazer um minhocário basta ter as minhocas e os alimentos de qualidade ao longo do ano, como estercos e restos vegetais. “A falta de alimento em determinados momentos é um fator crítico, pois as minhocas tenderão a fugir em busca de comida. Assim, eu diria que o mais importante é ter alimento de qualidade à disposição”, aconselha.

A construção do minhocário pode ser feita com materiais disponíveis em propriedades rurais, como tábuas, tijolos, telhas, pedras e bambus, para delimitar o espaço e, quando necessário, cobrir o minhocário para evitar a chuva e o sol.

Gustavo afirma que o tamanho do espaço dependerá da quantidade de minhocas. Um espaço pequeno, de até 1 metro de largura, por exemplo, precisaria, segundo o engenheiro, de aproximadamente três carrinhos de mão de esterco de vaca e cerca de 1,5 litro de minhocas – de 2 a 3 mil unidades. Ele explica ainda que o minhocário deve ser construído em um espaço que não acumule água e possa ser protegido do sol, pelo menos entre as 11h e 14h, período mais quente do dia. “Uma indicação boa é construir na sombra de uma árvore. Se não tiver como fazer um telhado, o minhocário pode ser protegido com folhas de palmeira, pedaços de sombrite ou uma tampa com bambu. O plástico também pode ser utilizado, desde que fique em uma altura acima de 1m do minhocário. Caso contrário, pode esquentar e/ou dificultar a respiração das minhocas”, assegura.

Práticas agroecológicas
O agricultor familiar está cada vez mais preocupado em cuidar do meio ambiente, afinal, a natureza é a principal ferramenta de trabalho dele. Para incentivar práticas sustentáveis, a Sead, por meio do Plano Safra 2017/2020, trouxe taxas de juros de 2,5% a.a para financiamentos de produtos orgânicos e de origem agroecológica no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Saiba mais aqui.
FONTE: MDA
NOTÍCIAS RELACIONADAS
VER TODAS

Cadastre-se e receba gratuitamente as atualizações do Foco Rural em seu e-mail

Após o preenchimento de seu nome e e-mail, clique no botão CADASTRAR. Você receberá um e-mail para confirmação do cadastro. Caso não receba o e-mail, verifique sua Caixa de Spam. O recebimento de nossa newsletter depende da sua confirmação. Confira nossos Termos de Uso.


Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
® 2011-2015. Foco Rural – O homem do campo bem informado. Todos os direitos reservados.
DESENVOLVIDO POR:
X
Enviar notícia por e-mail
*Meu Nome:
*E-mail Rementente:
*E-mail Destinatário: