Quarta-Feira, 17 de Outubro de 2018
Safra
Estimativa de Safra de Grãos 2016/17
01/11/2016
A estimativa de safra de novembro da INTL FCStone não traz alterações para a cultura da soja, mantendo a expansão de 0,9% na área plantada em 2016/17. Mesmo com o acelerado ritmo de plantio e as condições climáticas favoráveis, os produtores devem ser mais cautelosos neste ano.

Até o momento as perspectivas climáticas são positivas para o período de desenvolvimento das planta, com risco de seca na região sul e norte/nordeste do país em função da ocorrência do fenômeno La Niña com intensidade fraca.

A produção, portanto, foi estimada em quase 102 milhões de toneladas, enquanto a demanda pode permanecer praticamente estável em relação ao ciclo anterior, o que deixaria os estoques mais folgados, após um longo período de aperto no balanço.

Em sua revisão de novembro, a INTL FCStone manteve a estimativa de produção para a primeira safra de milho 2016/17 em 29,74 milhões de toneladas, em meio ao bom andamento do plantio e às condições climáticas, no geral, favoráveis.

Apesar de no verão, o foco maior estar na soja, o plantio do milho está avançando sem maiores problemas. No Rio Grande do Sul, há alguma preocupação com potenciais impactos adversos do clima sobre as lavouras, lembrando que a semeadura no estado começa cedo.

Destaca-se que a evolução da safra de soja é acompanhada com atenção, uma vez que a safrinha de milho é majoritariamente plantada em áreas onde se semeou a oleaginosa anteriormente. Neste ano, tem sido observado um adiantamento do plantio de soja, o que pode resultar em um aumento da área de milho no inverno, principalmente em meio a preços mais fortalecidos do cereal no mercado doméstico.

Soja
Os estoques, portanto, devem ficar em níveis mais confortáveis, uma vez que a demanda interna e externa não devem aumentar na mesma proporção que a oferta do grão.

Milho
Considerando uma safrinha em 56 milhões de toneladas (calculada a partir da área do ciclo 2015/16 e de uma produtividade média dos últimos anos, excluindo-se a quebra de 2016), a produção total foi mantida em 85,73 milhões de toneladas, volume que tenderia a resultar em um balanço de oferta e demanda mais equilibrado, abrindo espaço para exportações mais aquecidas.

Baixe o relatório completo a seguir.
FONTE: Foco Rural com informações de assessoria
NOTÍCIAS RELACIONADAS
VER TODAS

Cadastre-se e receba gratuitamente as atualizações do Foco Rural em seu e-mail

Após o preenchimento de seu nome e e-mail, clique no botão CADASTRAR. Você receberá um e-mail para confirmação do cadastro. Caso não receba o e-mail, verifique sua Caixa de Spam. O recebimento de nossa newsletter depende da sua confirmação. Confira nossos Termos de Uso.


Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
® 2011-2015. Foco Rural – O homem do campo bem informado. Todos os direitos reservados.
DESENVOLVIDO POR:
X
Enviar notícia por e-mail
*Meu Nome:
*E-mail Rementente:
*E-mail Destinatário: