Terça-Feira, 19 de Junho de 2018
Suínos
Reajuste nos preços empolga suinocultores
23/08/2016
Líder em produção e exportação de carne suína, Santa Catarina retoma os ânimos com a recuperação do preço da carne suína. O valor do quilo do animal vivo no mercado independente, subiu R$ 0,75 segundo indicadores da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) e R$ 0,57 de acordo com indicador Cepea/Esalq.

As principais agroindústrias também reajustaram o preço pago aos integrados e cooperados em R$ 0,10, para R$ 2,90 (JBS e BRF) e R$ 3,00 (Aurora).

Embora ainda esteja abaixo do desejado pelo setor, o aumento é um alívio para os 8 mil suinocultores do estado, que sofreram com a crise provocada pelo aumento do preço do milho, atualmente cotado a R$ 43. “O primeiro semestre do ano foi terrível. Mas as perspectivas são positivas. Esperamos que o preço da soja e milho ceda um pouco e que o preço do suíno aumente. Os últimos dias foram positivos neste aspecto”, afirma Marcos Perazzoli, sócio e responsável pela parte administrativa da Granja Perazzoli, em Fraiburgo. Marcos é cooperado da Copérdia e abate 10 mil animais por mês.
FONTE: Foco Rural com informações de assessoria
NOTÍCIAS RELACIONADAS
VER TODAS

Cadastre-se e receba gratuitamente as atualizações do Foco Rural em seu e-mail

Após o preenchimento de seu nome e e-mail, clique no botão CADASTRAR. Você receberá um e-mail para confirmação do cadastro. Caso não receba o e-mail, verifique sua Caixa de Spam. O recebimento de nossa newsletter depende da sua confirmação. Confira nossos Termos de Uso.


Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
® 2011-2015. Foco Rural – O homem do campo bem informado. Todos os direitos reservados.
DESENVOLVIDO POR:
X
Enviar notícia por e-mail
*Meu Nome:
*E-mail Rementente:
*E-mail Destinatário: