Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019
Agricultura
Lideranças projetam aumento no plantio de feijão e amendoim em MT com crescimento das exportações
04/04/2019
A crescente demanda do mercado nacional e mundial, aliado ao grande potencial a ser explorado no Mato Grosso no cultivo de feijão, pulse e o amendoim, especialistas da cadeia produtiva e representantes de câmaras setoriais se reuniram, em Cuiabá, para discutir sobre o futuro dos pulses e do amendoim. O presidente Instituto Brasileiro do Feijão e dos Pulses (Ibrafe), Marcelo Eduardo Luders, apresenta esta tendência de crescimento mundial da demanda atribuída ao aumento do poder aquisitivo das classes menos favorecidas nos países como Índia e China, destacando o que Mato Grosso necessita para estar preparado. “Primeiro precisamos avançar nas pesquisas e com maiores investimentos no setor, paralelamente criar uma câmara setorial ligada ao governo, no caso a secretaria Estadual de Agricultura e com representantes do setor privado, abrindo assim uma interlocução mais rápida e efetiva com o próprio governo conseguindo desfazer alguns gargalos que naturalmente existem”, disse.

O diretor executivo da Associação de Produtores de Feijão, Trigo e Irrigantes de Mato Grosso (Aprofir), Afrânio César Migliari projeta as ações necessárias para elevar o amendoim em Mato Grosso a se tornar competitivo no mercado. “A pesquisa é o principal trabalho a realizado, além disso, temos que mostrar ao Governo Estadual as oportunidades e vantagens de produzir este tipo de lavoura, conquistar mercado e ter resultados financeiros satisfatórios em Mato Grosso”, explicou.

O presidente da Câmara Setorial do Amendoim do Estado de São Paulo, Luiz Antônio Vizeu considera que “é uma grande oportunidade que o Brasil tem de ampliar suas exportações, tanto de óleo de amendoim, como em grãos. Nós já detemos o pacote tecnológico para produzir a variedade estando entre os três maiores produtores mundiais de amendoim de qualidade, mesmo com nossa cadeia produtiva ainda em desenvolvimento”, concluiu.

O produtor de feijão e sementes, Leandro Lodea destacou a importância deste tipo de evento, para se discutir os rumos da produção e promoção do feijão e cultivos especiais no estado. “Com estas ações o setor ganha mais força, abrindo um canal de comunicação com o Ministério da Agricultura e secretaria Estadual de Agricultura conseguiremos oficializar esta cadeia. E mesmo Mato Grosso sendo produtor, ainda estamos engatinhando em relação a mercados mais fortes, ocupando apenas 15% do potencial que podemos alcançar no futuro”.
FONTE: Agro Notícias
NOTÍCIAS RELACIONADAS
VER TODAS

Cadastre-se e receba gratuitamente as atualizações do Foco Rural em seu e-mail

Após o preenchimento de seu nome e e-mail, clique no botão CADASTRAR. Você receberá um e-mail para confirmação do cadastro. Caso não receba o e-mail, verifique sua Caixa de Spam. O recebimento de nossa newsletter depende da sua confirmação. Confira nossos Termos de Uso.


Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
® 2011-2015. Foco Rural – O homem do campo bem informado. Todos os direitos reservados.
DESENVOLVIDO POR:
X
Enviar notícia por e-mail
*Meu Nome:
*E-mail Rementente:
*E-mail Destinatário: