Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Artigos
Como plantar salsinha e ter o tempero sempre em mãos
08/05/2018
Descubra o que é preciso para plantar salsinha orgânica e veja como é simples ter esse tempero em sua casa.

A erva mais utilizada na culinária nos países do Ocidente, a salsa ou salsinha (Petroselinum sativum), tem origem na Europa e é cultivada desde a antiguidade.

Sua atratividade vem da sua capacidade de realçar o sabor dos pratos e, ao consumi-la, você também estará adquirindo vitaminas A e c, estará utilizando uma planta com potencial diurético e que ajuda na digestão. Outro ponto a favor dessa planta é que é muito fácil fazer seu cultivo. Então vamos aprender nesse texto a como plantar salsinha orgânica.
Entenda agora como plantar salsinha orgânica

Antes de aprender como plantar salsinha orgânica, precisamos conhecer as condições básicas que ela precisa para um bom desenvolvimento e assim garantir um alimento de qualidade em sua mesa.

Vamos falar então do clima, luminosidade, solo e irrigação ideal para essa planta.
As condições ideais para o cultivo de salsinha

De acordo com o Especialista em Agricultura Orgânica Thiago Tadeu Campos, a salsinha prefere climas amenos, com temperaturas que variam de 10 a 22°C. Procure um local para plantio que esteja exposto à luz solar por pelo menos 4 horas por dia. Se o local for em climas quentes, plante a salsinha em ambientes um pouco mais frescos e que nas horas mais quentes do dia ela fique protegida da luz solar direta.

Como muitas plantas, a salsinha está adaptada a solos ricos em matéria orgânica, bem drenados, com pH variando de 5,5 a 6,7. É uma planta um pouco rústica, então ela vai conseguir se desenvolver em solos pouco férteis também.

Irrigue sempre no início da manhã e final da tarde, de modo a deixar o solo sempre úmido. Só tome cuidado para não encharcar, pois isso ajuda a atrair fungos.
A escolha do local é muito importante

Você pode cultivar a salsinha em uma variedade de lugares. Pode ser na sua horta orgânica, em vasos ou jardineiras.

Caso decida plantar em vaso, prefira aqueles com pelo menos 30 cm de diâmetro e profundidade, para que sua planta tenha um bom desenvolvimento.

Se for plantar em hortas, faça canteiros de no mínimo 15 cm. Faça sulcos de 0,5 cm, que é onde você irá semear com uma distância de 1 a 3 cm entre sementes, e entre os sulcos, o espaçamento deve ser de 15 a 20 cm.

Como plantar salsinha orgânica
Adube o solo sempre antes de realizar o plantio, e prefira adubos orgânicos para garantir a boa qualidade do seu alimento.

Para o plantio, primeiro deixe as sementes de salsa de molho por 24h, para ajudar na germinação, e depois deixe secar por 1h. Agora você pode colocar as sementes no solo e fazer a primeira rega. É só esperar as mudas de salsinha crescerem e ficar atento aos tratos culturais.

A época ideal para plantio é quando os dias não estão muito quentes ou muito frios, ou seja, evite os dias extremos. Os meses mais indicados são entre abril e junho.

Para garantir uma maior variedade de temperos, você pode plantar também coentro e cebolinha, que combinam muito bem com a salsa!
Fique atento aos tratos culturais necessários

Se sua intenção é ter os ramos para utilizar na culinária, o ideal é não deixar que a planta floresça, então fique atento e esteja preparado para cortá-las.

O raleio é importante para deixar algumas plantas mais vigorosas. Quando a salsinha estiver nos seus 10 a 12 cm, é recomendável que você faça o raleio, assim retirando as plantas mais fracas, e deixe um espaçamento de 5 a 10 cm entre as plantas restantes.

Cuide sempre da irrigação. Faça isso com frequência com pouca quantidade para evitar encharcar.

Sempre que perceber que uma planta invasora está nascendo, retire ela para que não ocorra competição por água ou nutrientes.
Como realizar a colheita

A colheita pode ser feita entre os 60 a 70 dias do plantio. Isso vai ocorrer quando a planta estiver com seus 12 a 16 cm de altura. Como é uma planta bianual, você vai poder colher duas vezes por ano.

Para colher, basta cortar os talos mais externos, deixando a um dedo do solo somente, e evitar cortar mais que um terço da planta. Nunca corte somente as folhas.

Deixe para realizar as colheitas pela manhã, quando o corte não irá prejudicar a planta. Se colher mais à tarde, ela vai sentir os efeitos do calor e sua qualidade será menor.
FONTE: Ciclo Vivo
NOTÍCIAS RELACIONADAS
VER TODAS

Cadastre-se e receba gratuitamente as atualizações do Foco Rural em seu e-mail

Após o preenchimento de seu nome e e-mail, clique no botão CADASTRAR. Você receberá um e-mail para confirmação do cadastro. Caso não receba o e-mail, verifique sua Caixa de Spam. O recebimento de nossa newsletter depende da sua confirmação. Confira nossos Termos de Uso.


Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
® 2011-2015. Foco Rural – O homem do campo bem informado. Todos os direitos reservados.
DESENVOLVIDO POR:
X
Enviar notícia por e-mail
*Meu Nome:
*E-mail Rementente:
*E-mail Destinatário: