Segunda-Feira, 15 de Outubro de 2018
Economia e Mercado Agrícola
Brasil deve aproveitar e vender soja valorizada à China
09/04/2018
Indústrias chinesas estão tratando de comprar o máximo possível.
As cotações da soja tiveram nesta sexta-feira (06.04) um dia de fortes altas no mercado físico brasileiro, alinhando à retomada do viés positivo da Bolsa de Chicago (CBOT). De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, em média os preços subiram 1,22% nos portos e 1,25% no interior do País.

O analista da T&F Luiz Fernando Pacheco afirma que a guerra comercial dos China contra os EUA está beneficiando ao sojicultores no Brasil. Os preços em Passo Fundo-RS e em Cascavel-RS eram R$ 75,00 na última segunda-feira e terminaram a semana ao redor de R$ 78,00/saca, à vista, alta de 4%. Para pagamento em 13/4 o preço sobe um real para R$ 79,00 e, com pagamento em 29/5, o preço sobe para R$ 80,00. Nos portos, os preços chegaram a R$ 85,00 em Paranaguá e R$ 86,00 em Rio Grande.

O mercado de balcão pagou diretamente aos agricultores nesta sexta-feira ao agricultor em Ponta Grossa cerca de R$ 76,00. No mercado de lotes o preço chegou a R$ 80,00 nesta cidade. Com isto os lucros líquidos da soja, depois de pagas todas as despesas, ultrapassam 50% no PR, estão acima de 40% em SC e em SP, mais de 30% no RS e mais de 20% no MA, MS, MG, BA, TO. Em GO e no MT a lucratividade fica abaixo dos 10%, por razões de logística.

“As razões para esta alta são: a disputa comercial entre EUA e China, em que cada país impôs sobretaxas de 25% sobre diversos produtos, entre os quais a soja, por parte dos chineses. Estas sanções, porém, foram somente anunciadas e não foram ainda implementadas. Analistas acreditam que, se o forem, devem demorar mais ou menos de duas semanas a dois meses”, afirma Pacheco.

Segundo ele, “neste meio tempo, as indústrias chinesas estão tratando de comprar o máximo possível de soja, tanto brasileira quanto americana, elevando consideravelmente os prêmios e os preços no Brasil. Isto significa que esta alta pode ser provisória, portanto e que se deve aproveitar os prêmios, principalmente”.

Nesta sexta-feira, houve também a alta de 0,78% do dólar (e 2,06% na semana) e a elevação de 0,26% da soja em grão em Chicago (mas queda de -0,19% na semana). Com isto, o Índice Cepea para o Paraná se elevou 1,21% e o Índice em Paranaguá subiu 1,25%.

“Os fatores que devem ser seguidos daqui para a frente são as cotações do dólar, a área a ser plantada com soja nos EUA, o clima e, principalmente, as exportações argentinas de farelo de soja. Todos estes fatores são positivos para os preços, mas não se sabe ainda a dimensão destas possíveis altas”, conclui o analista da T&F.
FONTE: Agrolink
NOTÍCIAS RELACIONADAS
VER TODAS

Cadastre-se e receba gratuitamente as atualizações do Foco Rural em seu e-mail

Após o preenchimento de seu nome e e-mail, clique no botão CADASTRAR. Você receberá um e-mail para confirmação do cadastro. Caso não receba o e-mail, verifique sua Caixa de Spam. O recebimento de nossa newsletter depende da sua confirmação. Confira nossos Termos de Uso.


Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
® 2011-2015. Foco Rural – O homem do campo bem informado. Todos os direitos reservados.
DESENVOLVIDO POR:
X
Enviar notícia por e-mail
*Meu Nome:
*E-mail Rementente:
*E-mail Destinatário: