Domingo, 23 de Setembro de 2018
Agronegócio
Agricultor está mais disposto a investir
08/02/2018
Feira realizada em Cascavel deve atrair 250 mil produtores e superar resultado do ano passado.
A liberação de crédito para pré-custeio e a supersafra de 2016/2017 deixaram os produtores paranaenses mais dispostos a investir em renovação de maquinário e insumos. Esta é a expectativa dos organizadores do Show Rural Coopavel, que deve movimentar R$ 2 bilhões em 2018, alta de 33%.

No ano passado, a mostra gerou R$ 1,5 bilhão em negócios. “O produtor passou alguns anos segurando investimentos e está mais disposto e, precisando, renovar o maquinário para a próxima safra”, afirma o coordenador geral da Feira, Rogério Rizzardi. “O produtor está com mais coragem para investir”, acredita ele.

O evento, que teve início na última segunda-feira (05), e se estenderá até a próxima sexta (09), recebeu o maior público da sua história para um primeiro dia, 34,5 mil pessoas. Até o final da semana, mais de 250 mil pessoas devem visitar a feira.

Para o secretário da Agricultura do Paraná, Norberto Ortigara, contudo, o apetite para investimento dos produtores poderia estar melhor. “Os preços das commodities não estão exuberantes, embora cubram custos em alguns casos, mas os produtores precisam programar a renovação de máquinas, implementos e buscar novas tecnologias”, avalia.

Por outro lado, ele destaca que o recente anúncio de R$ 12,5 bilhões de antecipação de pré-custeio para o ciclo 2018/2019 poderá animar os produtores a fechar negócios ao longo do evento. “Isso permite que o produtor não deixe para fechar negócios na última hora e possa barganhar preços com os fornecedores de fertilizantes e demais insumos”, avalia.

Safra paranaense
A safra do Estado está estimada em 34,3 milhões de toneladas de milho e soja para o ciclo 2017/2018. Como em outras regiões do País, foram registrados atrasos no plantio da soja, em setembro, o que também deve afetar o período de plantio da safrinha de milho e a colheita, que está atrasada em 15 dias. A área de milho primeira safra teve apenas 1% do total colhido, enquanto na área de soja, os trabalhos ainda não tiveram início, segundo dados do Departamento de Economia Rural (Deral).

Apenas a Cooperativa Agroindustrial de Cascavel (Coopavel) deve receber 18 milhões de sacas de milho, soja e trigo, alta de 12,5% ante as 16 milhões de sacas entregues pelos produtores no ano passado, estima o diretor presidente da Coopavel, Dilvo Grolli.

Ele atribui o aumento à produtividade obtida nas lavouras e aos estoques elevados nas mãos dos produtores, que esperam o melhor preço para negociar. “Temos muitas lavouras na região Oeste com 70 sacas de soja por hectare, enquanto a média nacional deve ser de 60 sacas”, estima. Na região de atuação da Coopavel, apenas 2% da área de soja está pronta para a colheita.

Para o milho, a perspectiva é de uma produção menor que a do ano passado. “O produtores vão plantar menos milho por uma questão de viabilidade técnica, para buscar o máximo de resultado”, destaca.

Para estimular o plantio na safrinha, a cooperativa está pagando R$ 5 a mais por saca a ser entregue em junho e em julho. A intenção é garantir a alimentação para aves e suínos. “Existe um problema sério: a conta do milho não fecha. O produtor de soja recebe R$ 62 e o de milho R$ 24. Nós não queremos que a soja baixe, mas que o valor pago ao produtor pelo milho aumente.”

Para ele, o produtor deve direcionar as áreas a serem cultivadas fora da janela ideal de plantio que destinaria áreas antes previstas para a safrinha de milho para a produção de trigo. “O produtor não vai ficar parado. Se não plantar milho vai plantar trigo”, diz. “Com isso, a produção deve crescer do que 30% no Estado”, projeta.
FONTE: DCI
NOTÍCIAS RELACIONADAS
VER TODAS

Cadastre-se e receba gratuitamente as atualizações do Foco Rural em seu e-mail

Após o preenchimento de seu nome e e-mail, clique no botão CADASTRAR. Você receberá um e-mail para confirmação do cadastro. Caso não receba o e-mail, verifique sua Caixa de Spam. O recebimento de nossa newsletter depende da sua confirmação. Confira nossos Termos de Uso.


Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
® 2011-2015. Foco Rural – O homem do campo bem informado. Todos os direitos reservados.
DESENVOLVIDO POR:
X
Enviar notícia por e-mail
*Meu Nome:
*E-mail Rementente:
*E-mail Destinatário: